Alentejo

"O Alentejo situa-se no sul de Portugal, entre o rio Tejo e o Algarve. É uma extensa região, essencialmente rural e escassamente povoada, que ocupa cerca de um terço do território nacional. A beleza da paisagem e a qualidade do seu património arqueológico, monumental, arquitectónico e etnográfico, a par da excelência da sua gastronomia e vinhos, conferem-lhe condições de excepção para uma descoberta que associe o turismo de natureza e o turismo cultural."

CONHEÇA: "No Alentejo viaja-se naturalmente com e pela História. A abundância e a qualidade do Património que a exprime tornam simples a sua descoberta".



EXPERIMENTE: "É o espaço aberto que parece não ter fim. São as cores e os cheiros que brotam da terra. É a inconfundível traça da arquitectura rural, presente nos "montes” das grandes herdades, no casario mais antigo das cidades, vilas e aldeias ou nas ermidas que pintam de branco o alto dos cabeços. É o que se lê nas formas de ser e de fazer, nas artes que se conservam e se renovam, na tradição que se mantém e se recria, no "cante” que, com alma e coração, só os alentejanos sabem cantar".

SABOREIE: No Alentejo Come-se e bebe-se muito bem.
Comer, beber e petiscar são rituais, formas de conviver, de receber, de celebrar.
Costuma dizer-se que na casa de um verdadeiro alentejano, tenha muito ou tenha pouco, a mesa está sempre posta. É verdade!
E esta realidade confere um sabor muito especial à descoberta da gastronomia, à base de pão (sempre o pão), porco e borrego, e dos vinhos. São produtos de reconhecida valia turística, mas não foi o turismo quem os criou para consumo externo: fazem parte - e uma parte feliz - do quotidiano mais autêntico da região. Prová-los é uma das grandes experiências do Alentejo.



Neste quadro, o nosso convite só pode ser um: seja Alentejano por uns dias e não deixe de…
  • saborear um gaspacho, uma sopa de cação ou uma sopa de beldroegas,...
  • provar os vários pratos de migas, as açordas, o ensopado de borrego, os pezinhos de coentrada e os pratos de caça,...
  • acompanhar a refeição com um bom vinho da região,
  • deliciar-se com os queijos curados ou frescos, os enchidos, as azeitonas, o presunto,…
  • Saborear as inúmeras e deliciosas sobremesas que vão buscar receitas à tradição conventual, onde a doçaria é feita à base de ovos, amêndoas e gila. Destacam-se a lampreia, o pão de rala, as encharcadas e as barrigas de freira, os toucinhos do céu, os rebuçados de ovos,...

VIVA: O Alentejo tem uma clara
vocação para o turismo activo e de natureza.
A beleza da paisagem convida aos passeios a pé, em btt e a cavalo, e as estrada municipais, apesar da ausência de ciclovias, são excelentes para ciclo-turismo.
Nos rios, nas albufeiras e na costa são possíveis múltiplas actividades náuticas. As praias são de eleição. E o céu, com este fantástico clima é ideal para o para-quedismo, o parapentismo, os passeios em ultra-leve e o balonismo.


Mais informação em: TURISMO DO ALENTEJO

© Copyright 2017 ptpt.pt
Developed by Impactwave