Picles doces

Região

Lisboa e Vale do Tejo

Descrição

Produto agri-doce resultante da mistura de pimentos amarelos, vermelhos, verdes, laranja, pepino em rodelas e cebolas pequeninas – tudo de produção biológica própria - que depois de desidratados são fervidos numa calda de vinagre de fruta, açúcar e várias especiarias.

Particularidades

Produto artesanal cuja matéria prima é de produção biológica própria

História

Na família sempre existiu o gosto de produzir doces e marmeladas. Aliado à experiência e tradição juntou-se o conhecimento químico e começou-se a “brincar” com matérias-primas diversas produzindo assim novos produtos, sabores e texturas mas respeitando, e mantendo sempre, o método tradicional de preparação destas iguarias. Na Alquimia dos Sabores não procuramos a Pedra Filosofal, mas sim produzir a partir dos mais nobres frutos e legumes.

Saber fazer

A matéria prima (pimentos amarelos, vermelhos, verdes, laranja, pepino em rodelas e cebolas pequeninas), após madura, é colhida, descascada, arranjada, lavada e colocada a escorrer. De seguida, coloca-se num recipiente a desidratar durante 2h. Posteriormente ferve-se durante um minuto numa calda de vinagre de fruta, açúcar e várias especiarias.

Área geográfica de produção

Distritos

SETUBAL

Concelhos

PALMELA

Freguesias

POCEIRÃO E MARATECA

Forma de utilização / Conselhos de uso

Acompanham muito bem queijos e carnes assadas.

Calibre

de 1,00 a 1,00 kg

Aroma Interior

AVINAGRADO

Sabor Interior

AGRI-DOCE

Preço indicativo / unidade

6,00 € / Frasco 720 ml

Apresentação Comercial

Apresentam-se em frascos de vidro de 370 ml e 720 ml.

Condições de conservação / Durabilidade

Quando ainda fechado manter em local seco, depois de aberto guardar no frio

Disponibilidade ao longo do ano

Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Bibliografia/Fonte

Alquimia dos Sabores - Helder da Cunha Pereira Alves

Contactos

Alquimia dos Sabores - Helder da Cunha Pereira Alves Rua Augusto Barba Santa cci 23304 2965-291 Poceirão TLM: (+351) 936 050 601 E-Mail: geral@alquimia-sabores.com

Produto

PÃO DE CASA DA MADEIRA

Produto tradicional da Região Autónoma da Madeira obtido a partir da amassadura de farinha de trigo, batata-doce (Ipomoea batatas L.), fermento de padeiro e/ou “massa lêveda”, água e sal e cozido em forno de lenha. Tem formato arredondado podendo, no caso particular da zona de São Vicente, apresentar a forma de trança ou rosca, detendo o nome de «rosquilha». Apresenta uma cor heterogénea, variando com a zona de produção e/ou produtor, mas sempre na paleta dos castanhos, podendo apresentar manchas brancas de salpicado da farinha, crosta mais ou menos espessa e bem aderente ao miolo, sendo, em geral, a textura interna constituída por um miolo denso, com alvéolos irregulares, elástico e macio no paladar e cor de creme a amarelo “sujo”, consoante a proporção de batata-doce que integra a massa. A batata-doce imprime à massa do produto características sápidas e de aroma inconfundíveis.

SIDRA DA MADEIRA da Quinta dos Prazeres

Esta bebida não é mais do que sumo de maçã fermentado, de forma simples. Apresenta baixo grau alcoólico e cor citrina a amarela palha consoante as variedades de maçãs utilizadas. No nariz obtêm-se notas de maçã contrabalançando com a baunilha muitas vezes presente pelas barricas de madeira utilizadas (normalmente de carvalho francês). Na boca está presente um sabor marcante, muitas vezes pelos taninos e acidez fixa da fruta utilizada, tornando-se assim a sidra da Madeira uma bebida refrescante, principalmente nas alturas de maior calor. Aroma e sabor a maçãs, com um fim de boca prolongado.

© Copyright 2017 ptpt.pt
Developed by Impactwave